Final Harbinger explicado: um pesadelo no medo

O Precursor disponível nos cinemas e VOD depois de enganar críticos e cinéfilos em festivais de cinema. A história cria um novo tipo de demônio que se alimenta de medos de isolamento e abandono, o que torna bom isso. O Precursor se passa no meio da pandemia de COVID, quando estamos todos trancados em nossas casas, incertos sobre o futuro. Quando o escritor e diretor Andy Mitton tentar explicar como seu demônio original age e quais são as mensagens do filme, O Precursor ainda pode se sentir complicado na primeira vigília. Isso porque, ao manipular os sonhos, o demônio titular guia a protagonista Monique (Feijão Gabby) e o público a questionar sua verdade. Afinal, não sabemos quando o que vemos é apenas mais um sonho criado pelo diabo para destruir a mente daquele que o feriu. Felizmente, estamos aqui para percorrer as muitas reviravoltas do filme e contar o que aconteceu naquele final emocionante.

O que é Harbinger?

O Precursor segue duas amigas, Mavis (Emily Davis) e Monique, enquanto tentam entender por que são assombrados pelo espírito repugnante que se inspiram nas fotos dos médicos. Quando o filme começa, a criatura obrigou Mavis a dormir por longas horas enquanto atormentava a mulher com terríveis pesadelos dos quais ela não conseguia acordar. Esperando ajuda, Mavis liga para Monique, que quebrou a quarentena do COVID para ajudar a amiga. Mas, infelizmente, depois que Monique fica com Mavis, ela começa a ter os mesmos pesadelos novamente.

a garota-precursora-em-pé-na-neve

Depois de alguns dias, Mavis e Monique contatam um médium que explica que a criatura é o Harbinger, um demônio que aos poucos parte o coração de suas vítimas. Harbinger sente prazer com o sofrimento das pessoas, forçando-as a enfrentar imagens horríveis até que comecem a pensar que é melhor nunca terem nascido. No final das contas, o Harbinger concede os desejos da vítima, removendo-os da realidade. Harbinger mata seu exército e os apaga da história e da memória de outras pessoas. O processo é imperfeito e sempre há vestígios deixados para trás. No entanto, ninguém pode provar alguém que não existe há algum tempo.

No primeiro estágio, Harbinger atua como uma manifestação de pensamentos intrusivos, desejos sombrios que às vezes cruzam nossa mente, lamentando que a morte possa ser melhor que a vida. Não é à toa que mostra quando todos estão trancados em suas casas para escapar de um vírus que os impede de chegar a familiares e amigos. Essa ameaça invisível nos faz sentir isolados e infelizes durante o bloqueio, e Harbinger reflete isso. Em segundo lugar, o Harbinger funciona como um vírus, saltando de pessoa para pessoa depois que uma semente de medo é plantada em sua mente.

Os Muitos Pesadelos de Monique

Enquanto Monique ainda está tentando entender como e por que o Harbinger os está mirando, Mavis infelizmente perde sua batalha contra o demônio. Isso significa que Mavis desaparece do mundo, obrigando Monique a acordar em um apartamento vazio sem saber onde está. A família de Monique a chamava de desesperada e ela não sabia explicar o que estava fazendo na cidade. Então, ele volta para casa sem saber que Mavis já está lá. Para justificar a ilusão de Monique, Harbinger também muda a realidade para que a mulher esteja sempre sob efeito de drogas pesadas, o que explicará como ela pode ir para a cidade sem memória. No entanto, Monique também sabia que o Harbinger a estava perseguindo e que o demônio a faria desaparecer em breve. Monique tem um interesse especial por Mavis, pois o menino que mora no apartamento acima de sua amiga a visita em seus sonhos.

o-precursor-o-médico-da-praga

Enquanto Mavis e Monique estão lidando com o Harbinger, um menino chamado Edward (Cody Braverman) está morrendo de COVID no apartamento acima. Depois que o vírus tirou a vida de Eduardo, o menino começou a aparecer nos sonhos de Monique. Como o menino explicou a ele, ele também estava vendo o Harbinger. No entanto, como ele morreu de COVID antes que o demônio pudesse pegá-lo, o menino escapou do grande destino de ser eliminado do mundo. Em um pesadelo que se passa em um necrotério, Edward vê Monique e pergunta se ela entende o que ele precisa fazer.

O filme sugere que o suicídio pode ser a única maneira de evitar a maldição do Harbinger, mas isso é uma pista falsa. O que Edward está tentando dizer a Monique é que ela deve matar o demônio dentro de seu pesadelo. E assim ele faz quando o Harbinger o leva para longe da realidade, dando uma olhada nele na versão dos sonhos da casa de sua família. Monique viu a Harbinger decepar a cabeça em um ataque cruel e catártico, vingando Mavis, mesmo não se lembrando da amiga.

Quando Monique acordou, descobriu que havia dormido por três dias. A boa notícia é que toda a sua família testou negativo para COVID. Monique teme ter trazido o vírus para sua casa, mas um médico visita a família e faz exames por causa de seu longo sono, livrando-os de quaisquer regras de quarentena. Com o passar dos dias, Monique sente que a vida está voltando ao normal. No entanto, ele não pôde deixar de se perguntar sobre os espaços em branco em sua memória, que definitivamente o ligavam à pessoa que o infectou com o Harbinger. Monique também descobre em sua mochila uma foto antiga, na qual ela e Mavis são vistas juntas. Ele não reconhece Mavis, mas sabe que ela pode ter feito parte de sua vida antes que o Harbinger a levasse embora.

Uma tarde, Monique ligou para a psicóloga para explicar sua situação, mas a mulher do outro lado da linha não estava confiante em sua vitória. O Harbinger assume qualquer forma que quiser em um pesadelo, e todos que passam por esta versão do mundo são um demônio oculto. Assim que Monique percebe que o cientista está certo, o Harbinger irrompe em sua porta e a arrasta para longe. Monique está sonhando o tempo todo, e o espírito de Anjhunu está apenas brincando com ela.

a garota-precursora-parecendo-assustada

No mundo real, o pai de Monique volta do hospital após vencer o COVID. Seu irmão está otimista com o futuro, mas o velho teme que a dura realidade do bloqueio arruíne suas vidas para sempre. Antes do final do filme, o pai de Monique vê uma foto da menina, e em seus olhos, vemos que o homem está tentando se lembrar de uma amante que desapareceu de sua mente. Tem um final sombrio que mostra que os demônios ainda estão à solta, abrindo buracos na realidade e apagando as pessoas do mundo.

O Precursor Atualmente disponível nos cinemas e VOD.

RELATED ARTICLES

Most Popular