O trabalho de Adam Sandler mostra respeito pelas lendas da comédia do passado

Adam Sandler aos 56 anos, embora não seja difícil lembrar quando a mega-estrela da comédia era apenas uma jovem arma. Sandler estabeleceu-se como um elemento fixo em sábado à noite ao vivo no início dos anos 1990, onde seu estilo de comédia de baixo conceito e cativante lhe rendeu legiões de fãs, bem como um punhado de céticos entre a velha guarda do programa. Em seu próprio país Doce Gilmore Naquela época, Sandler era uma estrela rara que ainda era um gosto adquirido nos círculos. Para os meninos, ele é nada menos que um herói pateta. Para os pais… bem, talvez eles simplesmente não consigam entender isso porque a visão de um homem gritando com uma bola de golfe pode ser muito, muito engraçada.

Uma das coisas mais interessantes sobre Sandler – e quando ele sai – são os estereótipos sem sentido que lhe foram atribuídos desde então. Billy Madison, há muito o que gostar – em como você trata outros comediantes. Sandler sempre levou a co-conspiração da comédia sob sua proteção e abriu o caminho para outras; certamente os gostos de Allen Covert, Nick Swardsonnós tínhamos Rob Schneider (que têm um crédito coletivo nos veículos Sandler totalizando 7/10) devem creditar parte do sucesso corporativo de que desfrutaram ao Sandman e sua grande generosidade de espírito.

Ainda mais revelador é o respeito que Sandler tem pelos quadrinhos que o influenciaram. Sandler sempre foi alguém que “desistiu”, como ele poderia dizer, para os grandes que abriram o caminho pela primeira vez; Até sua página no Instagram está cheia de homenagens sinceras a grandes nomes da comunidade de comédia, um grupo que, neste caso, inclui Bob Saget, Budd Friedmane Sandler se foi querido amigo e Adultos constelação, Norma MacDonald (o amor de Sandler por seu amigo Chris Farley Nem é preciso dizer que ele escreveu uma música sobre o cara!)

O amor de Adam Sandler pela comédia clássica está em exibição em seus filmes

Adam Sandler como Billy Madison está sentado em uma mesa em uma sala de aula cheia de crianças em 'Billy Madison'.
Imagem da Universal Pictures

É natural que essa adorada comédia do passado encontre seu lugar nos filmes de Sandler. Começou tão cedo quanto Billy Madisono que é claramente falso à luz que também nos dá o cenário obsceno dos anos 80 Rodney Dangerfield fantasia, De volta à escola. Lado de dentro De volta à escola, O falastrão de Dangerfield voltou para a faculdade para provar um ponto para seu filho mais velho. Lado de dentro Billy Madison — indiscutivelmente uma das performances mais divertidas e inspiradoras de Sandler — As economias suadas de Sandler foram feitas para refinanciar as notas K-12 para que ele pudesse assumir o negócio de hotelaria de seu pai.

Sandler também falou sobre seu amor infinito por eles Harold Ramis clássico Caddyshack ao longo dos anos; isso impossibilita a visualização Doce Gilmore (ainda uma das comédias mais apreciadas de Sandler no geral) por nada além de um pós-Caddyshack lente Dangerfield não é o único no filme, causando estragos em um time de futebol country pesado e sujo como Sandler. Feliz Gilmore (Sandler tem falado ao longo dos anos que Dangerfield sempre foi um de seus heróis de comédia), mas Bill MurrayO personagem horrível e desbocado de Carl Spackler parece um excêntrico prototípico de Sandler em Hubie Dubois ou Pequeno Nicky veias

A homenagem de Sandler à comédia do século 20 remonta ainda mais além dos anos 1980. Em um ponto, ele chegou ao Sandman em um lugar problemático. Em 2000, foi relatado que o neto da lenda da comédia muda Harold Lloyd (que, devo dizer, sempre interpreta nerds bem-intencionados e tentadores com os quais os personagens do filme de Sandler às vezes se parecem) processar os distribuidores de comédias de grande sucesso o menino aguapara conectar as semelhanças do enredo com o navio Lloyd de 1925 Calouro. Ambos os filmes, na verdade, são sobre idiotas infelizes que ganham o respeito de seus colegas ao ingressar em um time de futebol americano universitário. Dito isto, é aí que as semelhanças começam e terminam. Calouro nós tínhamos o menino agua são duas comédias maravilhosas, cada uma tem seu tempo e lugar; Uma maneira de pensar sobre isso é que um filme é um jantar clássico e satisfatório, enquanto o outro é o melhor cheeseburger que você já provou em sua vida (em qualquer caso, o co-roteirista do filme, co-roteirista recorrente de Sandler / co-conspirador Tim Herlihyno minimizou o argumento nos anos desde o menino da agua liberado).

Sandler continuará a trabalhar desta forma, para vários fins de jogo. Ocasionalmente, ele fará uma correção oficial e genuína, como fez com a re-imaginação daqueles Frank Capra clássico Sr. Jobs vai para a cidade (Senhor Jobsdirigido por Pequeno Nicky diretor Steven Brill) e comédias românticas Apenas vá com eleque algumas pessoas podem não saber é na verdade um remake de 1969 Walter Matthau comédia, flor de cacto.

Adam Sandler testa seus limites com o ‘Sandy Wexler’ sem classificação

Sandy Wexler, interpretada por Adam Sandler, está andando feliz pela rua segurando uma xícara de café e a criação da Variety em 'Sandy Wexler' da Netflix.
Imagem via Netflix

É importante notar que o que Sandler faz não é apenas um pastiche cômico. Ele não imita ninguém: ame-o ou odeie-o, ninguém é igual a ele. O que Sandler está mostrando, no final das contas, é um respeito completamente honesto e profundo pelo grande panteão da comédia, bem como uma aguda consciência de seu lugar nele, muitas vezes culminando em ações que, ame-os ou odeie-os, existe um pecado clássico.

O desejo de Sandler de homenagear as comédias e dramas do passado surgiu até mesmo em sua recente produção para Netflix (Obviamente, 6 canalhas é uma espécie de apresentação pueril de algo como selas quentes, mas não vamos falar desse filme aqui, porque a vida é muito curta). É um dos melhores filmes de Sandler e um dos filmes mais desgastados de sua carreira tardia. Sandy Wexlerque, acredite ou não, está estruturalmente em dívida com Broadway Danny Rose. Ambos os filmes são sobre agentes de talento ineptos, mas trabalhadores, e ambos os filmes usam um dispositivo narrativo primário em que os comediantes se sentam e repassam ao público memórias históricas sobre o tema do filme. Sandy Wexler é um filme indiscutivelmente desigual conquistado pelo poder de seu coração puro e ambição inesperada: é o raro veículo Sandler / Netflix que parece que Sandler realmente se esforça, ou pelo menos testa os limites das coisas que você pode fazer.

Adam Sandler prospera com pessimistas

Outra coisa que amamos em Sandler é sua aparente alergia à arrogância. Você sabe que os filmes que você fez são amplamente odiados pelos críticos. Quando Sandler nem foi indicado ao Oscar por sua atuação que definiu sua carreira Gemas brutas – um dos maiores desprezos do Oscar do ano – não decepcionou ninguém. Em vez disso, o que ele fez? Ele brincou sobre o assunto, dizendo que faria um filme que fosse “tão ruim de propósito” como forma de punir seus opositores. Abençoe seu coração, esse é o tipo de pessoa que você é.

De alguma forma, Sandler prospera mesmo tendo opositores. Os personagens que você interpreta, principalmente nos esportes, sempre têm algo a provar. Eles estão sempre procurando provar seu valor em um mundo que os vê como idiotas trapalhões. Claro, Sandler entende que nós, como um público amante do cinema, podemos facilmente nos apaixonar por idiotas. Quando se trata das comédias dos últimos anos: para citar um áudio de Sandler que é muito sujo para reimprimir a sério aqui, Sandler não é nada senão extremamente poderoso. “p*#%ing” mãos.”

RELATED ARTICLES

Most Popular